sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

O ADEUS A ANNA MARIA CASCUDO BARRETO


Lá vai Dona Anna
Filha de Santana
A mãe de Jesus
Segue a sua estrada
Toda iluminada
E coberta de luz.


(Poeta Paulo Varela)

Centenas de amigos, familiares, folcloristas, políticos, escritores, poetas, professores e admiradores, foram se despedir da ícone  da Cultura Potiguar e guardiãn  da memória de Câmara Cascudo, escritora e procuradora de justiça Anna Maria Cascudo Barreto.
As homenagens aconteceram durante o velório no Cemitério Morada da Paz, onde fez uso da palavra, o  Presidente da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras, poeta Diógenes da Cunha Lima; Presidente da Comissão Nacional de Folclore- escritor Severino Vicente; Poeta Paulo Varela, Delegada da ADESG/RN- Dra. Zélia Madruga, os quais enalteceram a GRANDE MULHER e seus  relevantes serviços prestados a cultura potiguar. 
Após  a celebração da missa, houve um  momento  restrito a familia, que fez as ultimas despedidas e em seguida foi realizada a cremação. 

Nossas condolências a família Cascudo e  a cultura potiguar!

Vai em paz madrinha Anna, que Daliana e Camila continuarão sua obra memorialística!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Teremos o maior prazer em receber seu comentário.